Frango Norte lança projeto de produção integrada em Paraíso

15/10/2005 - 17:13 - Celso Gick

O diretor de Indústria e Comércio da Sictur - Secretaria da Indústria, Comércio e Turismo, Vilmar Carneiro Wanderley, participou nesta sexta-feira, 14, do lançamento do Projeto de Integração Frango de Corte de Paraíso e Região, pela empresa Frango Norte, no Clube Recreativo, em Paraíso. Durante o encontro, técnicos da empresa fizeram uma explanação sobre o empreendimento para cerca de 700 produtores rurais, investidores e autoridades. Segundo o diretor, o projeto tem grande importância para o desenvolvimento do setor avícola tocantinense, "além de possibilitar a fixação do homem no campo evitando a migração do produtor rural para as cidades”, analisou. De acordo com o diretor da empresa, José dos Santos Carneiro, os principais objetivos da iniciativa são aumentar a produção e elevar a renda dos produtores rurais. "Todos sabemos que onde existe o desenvolvimento da avicultura ocorre uma melhoria da qualidade de vida das populações envolvidas no processo", disse.O empreendimento, que exigirá um investimento de R$ 15 milhões, abrangerá 14 municípios num raio de 70 km de Paraíso. Para dar sustentação ao sistema será construída uma fábrica de ração e 80 galpões, cada um com capacidade para 20 mil aves. O projeto pretende estimular o desenvolvimento da avicultura de corte de uma forma integrada. No sistema, a empresa, chamada integradora, entra com os pintos de um dia, ração, vacina, medicamentos e assistência técnica. Por outro lado, o produtor rural, denominado integrado, fica responsável pela construção do galpão, mão-de-obra e aquecimento. O Banco da Amazônia já dispõe de linha de crédito para financiar a construção dos galpões.A empresa Frango Norte prevê numa primeira etapa do empreendimento construir 80 galpões num período de até dois anos. Numa segunda fase, está prevista a construção de mais 50 galpões em mais dois anos. O projeto da empresa Frango Norte é o segundo sistema integrado de produção de frango de corte implantado no Estado.O primeiro, instalado pela empresa Asa Norte Alimentos, está em funcionamento em Tocantinópolis há cerca de quatro anos e recebe frangos produzidos em 60 galpões em atividade na região. O frango tocantinense atende o mercado interno do Estado, mas também é comercializado em grande quantidade para o Maranhão e Pará. A expectativa é de que com o aumento da produção também sejam atingidos mercados de países da Europa, América do Norte e Ásia.

Compartilhe esta notícia: