Estudo aponta crescimento recorde da área plantada de soja no Tocantins para safra 2011/12

13/07/2011 - 10:50 - Valmir Araújo

Divulgação/Seagro

Estudo da consultoria Agência Rural prevê novo crescimento da área plantada de soja no Brasil e no Tocantins, que deverá ser o 4º no ranking nacional

Um estudo da consultoria Agência Rural prevê que a safra de soja brasileira para 2011/12 deve atingir um recorde de área plantada, com 24,92 milhões de hectares, ou seja, um aumento de 764 mil hectares em comparação com safra 2010/11. Ainda de acordo com a Agência Rural, o Tocantins deverá ser o quarto maior em avanço de área plantada de soja, com 45 mil hectares a mais que a última safra, um crescimento de mais de 11%. Na frente do Tocantins estão apenas o Mato Grosso, Maranhão e a Bahia.

O Brasil é o segundo produtor e exportador de soja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Se confirmada a previsão de crescimento, será o quinto ano consecutivo que o país registrará aumento de área plantada de soja.

Com base na intenção de plantio estimada pela consultoria, a tendência é que a produtividade brasileira de soja possa atingir 73,4 milhões de toneladas. De acordo com a Agência Rural, os bons preços da soja na Bolsa de Chicago, que já garantiram uma antecipação sem precedentes da comercialização da safra brasileira 2011/12, devem ser responsáveis também pelo recorde de área plantada.

Na última safra, o Brasil registrou produtividade recorde, superior a 3.100 kg por hectare, segundo a Conab - Companhia Nacional de Abastecimento. No caso da produtividade recorde se repetir em 11/12, o Brasil poderá ter a maior safra da história novamente.

Estados

O maior incremento absoluto na área acontecerá no Mato Grosso, com 292 mil hectares a mais, uma alta de 4,6%. Outra fronteira que deve ter crescimento expressivo de área é o Maranhão, cujo avanço é estimado em 152 mil hectares, percentual de 29,3 a mais. Em seguida, aparece a Bahia, com aumento de 86 mil hectares e o Tocantins, com 45 mil.

No Piauí, o aumento de área será mais modesto, de 37 mil hectares, índice de crescimento de 9,8%, um acréscimo limitado pelo maior interesse dos produtores em plantar mais milho para abastecer o Nordeste, avaliou a consultoria. Para Goiás e Mato Grosso do Sul (Centro-Oeste), a expectativa também é de aumento na área da oleaginosa, com incremento de 76 mil hectares para os goianos, mais 2,9%, e de 40 mil hectares para os sul-mato-grossenses. (Com informações da Agência Reuters)

Compartilhe esta notícia:

Outras notícias

Instituições do GCEA/TO confrontam dados sobre produção agrícola Agrotins se consolida como vitrine de conhecimento para estudantes Instituto de Desenvolvimento Rural do TO orienta comunidade quilombola sobre previdência social Governo vai investir R$ 2,5 milhões no apoio à realização de feiras agropecuárias Unidades escolares da rede pública e privada podem conferir dados do Censo Escolar 2013 Ações do Plano Nacional de Crédito Fundiário para 2014 são planejadas durante reunião Gurupi recebe obras do governo do Estado que vão recuperar cerca de 600 mil m² de vias urbanas através do programa Pró-Município População aprova serviços do Pró-Município nas ruas e avenidas de Gurupi Defensoria Pública vai atender na Agrotins 2014 Plano vai diminuir custos do tráfego no TO Campanha de prevenção é realizada no Tocantins Alunos e educadores do Colégio Estadual em Porto Nacional apresentam Teatro da Via Sacra Ensino médio integrado forma estudantes para o mercado de trabalho Interior segue com Campanha de prevenção a acidentes de trânsito Mais tocantinenses serão beneficiados com Tarifa Social de Água Instituições financeiras ofertam créditos na Agrotins Tarifa social vai beneficiar todos os municípios do TO Pronatec vai oferecer 20 mil vagas para o Tocantins Governo desenvolve Plano Estadual de Logística e Transportes de Cargas Durante a 14ª Agrotins, Defensoria Pública do Tocantins vai atender aos agricultores familiares